Doodle do Google homenageia Hermann Rorschach

Hermann Rorschach, psiquiatra suíço famoso pelo seu trabalho de interpretação das manchas de tinta, no teste que recebe seu nome, é tema do Doodle do Google nesta sexta-feira (8). O site do buscador convida o usuário identificar o que vê nos borrões de tinta na tela e compartilhar nas redes sociais Facebook, Twitter e, claro, também no Google+, com link encurtado do Google.

Hermann Rorschach e suas manchas de tinta.

Hermann Rorschach e suas manchas de tinta.

O conceito por trás do Doodle é muito interessante. Ele coloca o usuário no papel de um paciente no consultório de Hermann Roschach, que aparece sentado em uma cadeira, com um bloco de notas na mão, como se estivesse analisando o que a pessoa diz ao ver as cartelas. Mas o grande destaque mesmo, em primeiro plano, são as mãos do paciente com uma folha.

Nela, aparece uma imagem feita por um borrão de tinta. No teste virtual, o internauta deve identificar o que a imagem representa e depois clicar em “compartilhe o que você vê” para enviar a resposta para seus amigos nas redes sociais Google+, Facebook e Twitter. Após observar uma, é só passar o mouse por cima dela e clicar nas setas laterais para ir para a próxima.

Quem compartilha no Google+ e no Twitter vê uma janela com a hashtag #RorschachDoodle e o inicio da frase “Eu vejo…” já estão escritas. Basta completar e mostrar para os amigos.

A palavra Google, neste Doodle de hoje, tem pouco destaque e se encontra simulada entre os quadros e elementos da parede no consultório, com as letras “G” em tamanho maior.

Doodle do Google

Doodle do Google

 

Os borrões de tinta vão mudando de formato conforme você clica nas setas. Há uma série de movimentos que a tinta pode fazer para criar diversas formas. O Doodle do Google é bem divertido para um teste cognitivo. Além da interação, há o elemento social, que proporciona a curiosidade de saber se todos os seus amigos tiveram a mesma interpretação que você.

 

Quem foi Hermann Roschach

Nascido em 8 de novembro de 1884, Hermann Roschach completaria 129 anos nesta sexta-feira. Em 1911, ganhou notoriedade no meio da psicologia após seu trabalho com borrões de tinta. Queria estudar não apenas a imaginação das pessoas, mas também comportamento e personalidade delas, baseando-se na percepção e apercepção de cada um sobre cada borrão.

Três anos depois, graduou-se em psiquiatria na Universidade de Zurique. Depois, fundou a Sociedade de Psicanálise de Zurique, trabalhou em diversos hospitais.

Em 1921, publicou o livro “Psicodiagnóstico”, que continha as conclusões de seus estudos e também uma versão reduzida do sistema de placas coloridas com borrões de tinta que usou para testar seu método em pacientes e funcionários do Hospital de Herisau.

Sua carreira promissora, porém, foi encerrada precocemente quando ele tinha apenas 38 anos por conta de uma peritonite aguda, grave inflamação abdominal.

O Método de Rorschach, porém, seguiu vivo graças a seus amigos e seguidores na Suíça. Uma década após seu falecimento, o Psicodiagnóstico ganhou mais reconhecimento mundial, na Europa e nos Estados Unidos, e em 1939 foi criado um instituto em homenagem ao psiquiatra.

Hoje ele se chama Brad Pitt como na imagem abaixo.

Brad Pitt_Hermann Rorschach

Brincadeira! Hahahaha!

Veja TODOS os Doodle do Google AQUI!

Fonte: TechTudo

 

Ozi

Ozi é um cartunista brasileiro e gaúcho. Nascido na cidade do Rio Grande, extremo-sul do Brasil, Ozi criou diversos personagens em sua cidade natal. Em 2010 mudou-se para Porto Alegre e desde então mantém o site Os Loucos com tirinhas periódicas.

Você pode gostar...